domingo, 6 de junho de 2010

Válvula de Espace

     Nos últimos dias tenho me encontrado com a mente tão distante! Pensando muito, em tantas coisas...É como se eu tivesse me ocultando em um mundo próprio: um lugar onde ninguém tem permissão para me encomodar. Onde eu possa ir longe! Viajar nos pensamentos...e nada me tiraria dali. 
     Talvez isso seja apenas uma mera tentativa de fugir: fugir do mundo, fugir dos problemas, das obrigações, fugir da realidade. E sinceramente, não estou com a mínima paciência para enfrentar os problemas do dia-a-dia, estejam eles presentes na família, na escola, nos relacionamentos, enfim. Não estou dando a mínima para ''social''! 
     Eu quero é o meu mundo inventado, o meu mundo e a minha paz. E talvez isso mude quando eu for capaz de olhar nos seus olhos e dizer que realmente, acabou. E quando eu tiver forças suficiente para isso, eu te aviso. E até lá, provavelmente, você já esteja não dando a mínima pra isso!

Um comentário:

  1. Garota! me encontrei com esse texto tbm, em meu ultimo post, relato a mesma coisa que vc esta passando aqui, rs. é tão bom saber que eu não era a única que estava " de saco cheio com a vida" rsrs. Adoro encontrar textos parecidos com os meus! e olha, por experiência própria, isso vai passar. Faz parte da vida. rs. Adorei o blog! irei visita-lo sempre! beijos!

    ResponderExcluir